Ocupação Toca Madera 15 Anos

O Toca Madera, grupo de dança e música flamenca dirigido por Clara Kutner, comemora 15 anos. Para celebrar a data, seus integrantes promoverão uma ocupação no Teatro Cacilda Becker, que já foi palco de criações como Transitório. Além do espetáculo, que volta à cena a partir do dia 6 de abril, a ocupação contará com uma série de encontros com artistas de vários estilos e sonoridades, além de oficinas de dança e música, e debates sobre corpo e ativismo.

De quinta a sábado, o espetáculo Transitório será seguido de um segundo set: A Cozinha Flamenca do Toca Madera, que contará com a participação de artistas de outros campos de dança e música. O formato promove o diálogo com várias expressões artísticas desde sua estreia no Teatro Carlos Gomes, proporcionando o surgimento de novas linguagens a partir deste intercâmbio em cena.

Aos domingos haverá duas atividades: Garagem de Ritmos, com oficinas de canto, dança, violão e percussão; e Sala de Debates, com mesas-redondas para fomentar a troca de experiências com profissionais ligados as artes cênicas, artes visuais, performance e ativismo.
Com a ocupação de quinta a domingo, a programação terá excepcionalmente uma quarta-feira, dia 18, com performance e debate em torno do ativismo cultural no Rio de Janeiro. “Estamos comemorando mas ao mesmo tempo sentimos necessidade de falar sobre a falência das artes no país e no Rio. É importante incorporar essa pauta hoje, sempre que temos oportunidade, para construirmos juntos uma nova rede de cultura e política”, afirma Clara.

No dia 20 haverá uma participação especial no Transitório, em que uma intérprete de libras fará a tradução das músicas. “Estamos trazendo essa linguagem gestual extremamente expressiva, apostando que essa é uma vivência importante para avançarmos no sentido da pesquisa em torno da acessibilidade. Nesse dia a plateia será composta por surdos e pessoas interessadas nessa incorporação de sentidos”, diz a bailarina e diretora do grupo.

O projeto tem como principal característica a acessibilidade econômica para todos. Por esse motivo, o ingresso, que originalmente custa R$ 40,00, poderá ser adquirido por R$ 20,00 com a filipeta de desconto, disponível no próprio Teatro.

Como o espetáculo tem uma estrutura de som extremamente complexa e cara, mas não conta com nenhum apoio público ou privado, duas ações serão feitas para aqueles que quiserem colaborar financeiramente com o projeto.

A AG Percusión, cuja história se mistura à história do Toca Madera, doou um Tap Dance Flamenco (que custa R$ 750,00) para ser rifado ao longo das atividades no mês de abril. A rifa poderá ser adquirida ao longo de toda a temporada. Além disso, o Cajón Colaborativo, elaborado em forma de urna, estará disponível ao longo de toda a ocupação. Feito em cor clara, para que todos os doadores possam assinar, o cajón colaborativo fará parte do acervo da companhia como uma lembrança desses 15 anos de existência do Toca Madera.

A ocupação Toca Madera acontece de 6 a 22 de abril, sempre às 19h30, no Teatro Cacilda Becker, que fica na Rua do Catete, 338 (Tel.: 2265-9933).

Confira aqui a programação completa da Ocupação Toca Madera 15 anos.

FICHA TÉCNICA TRANSITÓRIO
Direção: CLARA KUTNER
Bailarinas: CLARA KUTNER, ELIANE CARVALHO e LAURA LAGUNA
Direção musical e guitarra flamenca: ALLAN HARBAS
Guitarra Flamenca: LUCIANO CAMARA
Percussão: ALEJO
Violoncelo: MARIA CLARA VALLE/ NANA CARNEIRO DA CUNHA
Percussão e guitarra Flamenca SERGIO OTERO
Acordeon FRANCISCO PELLEGRINI/ ROBERTO KAUFFMANN
Voz e percussão: RENATA CHAUVIÈRE (TIZA)
Iluminação: ANA KUTNER Figurino: KIKA LOPES
Coreografia: ELIANE CARVALHO
Colaboração artística: DENISE STUTZ
Interlocução: MARIANA PATRÍCIO FERNANDES
Programação Visual do Toca Madera: LOLA VAZ
Programação Visual do Transitório: RAUL TABORDA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *