Com que roupa eu vou pra Juerga que você me convidou?

Agora que você já sabe onde fazer aulas de Flamenco, vai precisar (ou vai querer mesmo) começar a rechear o seu armário com roupas e acessórios para esta modalidade. Os trajes de flamenco são lindos e dá vontade de ter um de cada cor, estampa e modelo, mas… onde encontrá-los? O blog Flamenco no Rio resolveu listar tudo o que você vai precisar para dançar e as principais lojas do Brasil com entrega para todo o país.

Sapatos ou botas
zapatos-de-flamenco

Sem eles você não começa a dançar. São fundamentais para a prática desta dança e também para compor a música já que o som do sapateado do bailaor faz parte do ritmo como um instrumento de percussão. Feitos em couro, possuem uns “pregos” (na maneira “popular” de dizer, é claro) especiais nos tacones (saltos) e nas punteras (pontas) que potencializam o som dos movimentos. Os melhores modelos, obviamente, são os espanhóis mas são muito caros (ainda mais com a alta do euro). Se você ainda está começando e não quer investir em um sapato caro logo no início, existem soluções razoáveis e algumas muito boas aqui mesmo, no Brasil.

  • Capezio: são sapatos mais simples, menos duráveis, mas com um preço mais acessível. Ideal para quem está começando e não sabe se seguirá os estudos do Flamenco por muito tempo.
  • Só Dança: assim como os sapatos da Capézio, os da Só Dança são boas opções para começar. O site não oferece venda online, mas a marca possui diversos representantes no Brasil. Provavelmente, naquela loja que vende roupas de ballet perto da sua casa haverá produtos da marca.
  • Oliveira Pedron: novidade do mercado nacional, o Oliveira Pedron é mais uma excelente solução local.
  • Sapatos Ramírez: ótima solução nacional, para quem não tem como comprar um sapato da Espanha. São artesanais e feitos sob medida. Além disso, há vários modelos e cores diferentes.
  • Dona Danza: outra excelente solução nacional, também disponível em várias cores e modelos.
  • Calzados Britto: aqui pertinho, na Argentina, há uma boa opção de sapatos também, em cores e modelos lindos. No entanto, o câmbio não tem nos favorecido muito e alguns modelos dos nossos hermanos podem sair até mais caros do que um sapato espanhol. Vale a pena comparar antes de fazer o investimento.

Entre as marcas espanholas, as que listamos aqui são muito boas, de ótima qualidade e durabilidade. Um sapato espanhol, se bem conservado, pode durar mais de 5 anos (ou até mais). São muitas marcas, mas aqui listamos as principais e mais conhecidas. A diferença é um couro mais macio do que o outro, ou um som um pouco mais alto – vai depender da necessidade e da preferência de cada bailarino.sapatos-de-flamenco

Roupas e Acessórios femininos
Se você é consumista e gosta de moda, essa é a pior (ou melhor) parte! As roupas de flamenco são elegantes e muito lindas. Elas são tão lindas, mas tão lindas, que na Espanha existe um evento anual só de desfile de roupas de Flamenco, você sabia? É o SIMOF – Salón Internacional de la Moda Flamenca.simof3

Felizmente temos muitas marcas excelentes de roupas no Brasil, além de estilistas independentes que fazem figurinos sob medida. Algumas lojas também importam acessórios e elementos utilizados na dança, então não é mais necessário ficar implorando para aquela sua amiga que vai à Espanha no mês que vem trazer um abanico ou uma peineta para você! No Brasil, já conseguimos comprar facilmente:Simof_2014_STANDS

  • Flores
  • Peinetas
  • Abanicos e pericones (mais conhecidos como “leques”)
  • Castanholas
  • Mantónes e pañuelos
  • Brincos

As lojas são muitas, as opções são variadíssimas, seu guarda-roupas vai ficar caprichado e quem sofre é o seu cartão de crédito! 🙂 Olha só:

Ok, mas… E os homens?
Poucas marcas vendem roupas para homens. Talvez seja porque tenhamos poucos homens no Flamenco ainda, né, meninos? Animem-se!! 

A solução para os homens que dançam é revisar o armário e encontrar o que pode ser usado no palco. Ou, entrar em contato com o Ricardo Samel porque ele te entende e, com certeza, vai poder te ajudar! 🙂

Se você tem alguma dúvida, sugestão ou se conhece alguém que também faz figurinos de flamenco, escreva para o blog ou deixe um comentário neste post e entraremos em contato.

É importante dizer que, ainda que sejam materiais caros e super necessários (principalmente os sapatos), esse investimento pode ser feito aos poucos. Geralmente, as próprias escolas de dança ou os professores possuem material para emprestar. O importante é deixar o mosquitinho do Flamenco te morder e começar a dançar logo! O resto vem com o tempo.simof6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *